Tensão Pré Casamento – Ela existe?

Me surpreendi com nossa enquete de ontem, muitas de vocês votaram na “Sessão Desabafo” como uma das coisas preferidas no blog. Está em segundo lugar (até hoje de manhã) com 38% dos votos recebidos! Confesso que adorei esse resultado, porque ele mostra que muitas noivas se sentem como eu me sentia: incompreendidas, confusas e chateadas com algumas coisas que acontecem até o nosso casamento. E por muitas vezes me senti sozinha nesses momentos, por não ter com quem (ou onde) desabafar. Até que me lembrei do blog e fiz meu primeiro post sessão desabafo, que falou sobre vários momentos de frustração extrema que tive nos preparativos do casamento com alguns fornecedores. Para quem não se lembra ou ainda não nos acompanhava, você pode ler esse post aqui. Depois do primeiro foi fácil, tudo que dava errado eu corria e contava aqui para vocês, e foi assim inclusive com o grande dia, tudo que deu errado eu fiz questão de contar. E foi assim não só com as minhas experiências como com as de outras noivinhas, que viam aqui um espaço para dizer: poxa, queria ser tratada com mais cuidado, carinho, ou até contar sobre suas frustrações no dia do casamento. O “momento desabafo” é também de vocês, então sintam-se à vontade para me mandar emails sobre o que vocês querem falar aqui o blog (quem sabe outras noivinhas não estão passando pela mesma coisa?).

E foi pensando no momento desabafo que pensei no tema do post de hoje. Confesso que ele é meio tabu, e nenhuma noiva passando por esse momento tão ‘lindo, especial e único’ da sua vida quer sequer admitir que está sentindo alguma coisa além de felicidade. Mas eu senti… E ao procurar ajuda em blogs que falam de casamento, não achei nada sobre o assunto. Me senti mal, um peixe fora d’água, será que eu era a única noiva que não estava em um mundo rosa e cheio de glitter? Até que eu entendi que não, conversando com amigas que se casaram, minha irmã, mãe e outras amigas noivas percebi que todas, em algum momento, tiveram a conhecida “tensão pré casamento”, mas que os fornecedores da área (e mesmo os blogs) não gostam muito de falar sobre o assunto, porque cá entre nós ele não é assim, agradável, né?

Tive minha primeira crise com o casamento 2 meses depois de fica noiva. Passada a fase da euforia e dos 60 dias ininterruptos mergulhada em blogs sobre o tema, tendo escolhido cores, cadeiras, vestido de noiva e etc. eu simplesmente surtei! Ficava pensando que era muito nova para casar, ou que não estava assim tão estabilizada na profissão (e quando vamos estar?), que aquilo não daria certo, que eu era a primeira das amigas da minha idade a casar, a primeira prima! Entrei em parafuso, e sentia uma angústia diária! Todo dia uma nova dúvida, um novo ‘se’. Não queria conversar sobre isso com o Luiz, tive medo de ser mau interpretada, que ele pensasse que eu não gostava dele, ou que não queria me casar. Tive a sorte de ter a minha volta nesse momento amigas tão, mas tão sensatas, que souberam o que falar e a hora exata, para que eu fosse me acalmando, e entendendo melhor esse momento da minha vida… Passou! Consegui organizar o casamento tranquilamente e aproveitar esse momento que voltou a ser ‘sublime’ na minha vida!

Quando faltavam 3 meses para o casamento entramos novamente em um inferno astral. Minha paciência estava negativa, tudo me tirava do sério e era motivo para discussão. Organizando casamento, trabalhando no consultório, lidando com os pacientes, reformando apartamento, organizando minha mudança (a física e a psicológica), lidando com as frustrações da ausência de dinheiro, montando os armários. Foi MUITO pesado! Eu e o Luiz discutíamos diariamente, algumas briguinhas pequenas, outras bem mais pesadas e eu estava me sentindo sufocada com aquilo tudo. Não entravamos em harmonia de novo, e cheguei a pensar dessa vez que era o Luiz quem não queria mais casar comigo. Entrava em cena a insegurança e com ela mais brigas. Faltando 1 mês para o casamento fiz minha mudança para o nosso futuro apartamento na tentativa de ficarmos mais perto e que com isso entrássemos de novo em sintonia. Mas não adiantou muito, estávamos os dois à flor da pele. Com 15 dias o Luiz pediu que eu voltasse para casa para que não brigássemos mais. Fiquei devastada, foi um período terrível que cheguei a pensar que não iríamos mais no casar. Fui muito sensata nesse momento. Sai do nosso apartamento, voltei para casa e dei espaço para nós dois. Procurei minhas amigas e fizemos programas juntas, sair pra jantar, ir no cinema, encontrar no café. Cada dia com uma amiga nova. E fluiu. Foi bom para nós dois o distanciamento naquele momento. Evitamos de nos magoar, de sobrecarregar nossa relação.

Hoje tenho outras amigas casando que chegam lá em casa com essa mesma queixa. Elas até falam baixinho, para que ninguém escute que o momento mais feliz da vida delas não está sendo assim tão feliz como parece. E me sinto tranquila em poder dizer que isso também aconteceu comigo, que é uma fase tumultuada da vida, e que depois que casar passa (assim como aqueles tombos que levávamos quando crianças!).

Comments
8 Responses to “Tensão Pré Casamento – Ela existe?”
  1. Dayane Alves Monteiro disse:

    Nossa Nara, eu estou passando por tudo isso e a primeira coisa que penso é que sou a única! Em muito momentos o casamento ao invés de unir o casal acaba afastando por todos estes problemas que você citou!Parabéns pela coragem de dividir tudo isso no blog. Abraços. Dayane

  2. Novânia disse:

    Ela existe mesmo! Faltam três meses para o meu casamento e estou uma pilha de nervos, já pensei até em cancelar o casamento, tudo é motivos de brigas, tenho enxaqueca e tem dias que parece que vou enlouquecer, que fase complicada essa =/
    Aproveitando queria uma dica de salão de make e cabelo, até hoje não fechei e estou desesperada com isso!

  3. Erica disse:

    Oi Nara vou me casar o ano que vem ainda, mais ja estou nos preparativos, tem horas que acho que meu noivo não quer mais casar comigo. São tantos detalhes que acaba estressando os dois porque tudo o que eu estava orçando passava pra ele pra saber a opinião dele mais parecia que cada vez era pior. Ate que combinamos que o que decidi esta bom pois ele confiava em mim. Igual vc mesma disse é apenas uma fase tumultuada.

    Bjos

  4. Nayara disse:

    Eu também estou passando exatamente por isso e tava pensando que era só eu, como você falou isso tudo ai que você escreveu não são coisas que eles falam nesse blogs de casamentos, só mostram o lado rosa com glitter, mas não é sempre assim, tem os problemas, as dificuldades, a falta de paciência, a insegurança, o orçamento apertado, enfim N motivos que te fazem pensar: “Meu Deus, será que esse casamento sai?!” rsrsrsrrsrsr. Mas é isso ai você falou tudo sobre TPC! Parabéns pelo blog, beeijos, Nayara!

  5. Fer disse:

    Nara, que alegria esse post seu. Vi que não sou a única.
    É muito peso de uma vez só, na verdade, a gente se preocupa só com a festa e quando cai em si vê que vai muito além.

  6. Dani disse:

    Naraaa!
    Tô passando por isso também rsrsrs.
    Vou me casar em novembro desse ano. Maior correria e falta de $. O noivo é bem participativo graças a Deus, tanto nas escolhas, como no financeiro, porem há divergências de opiniões rsrs. Estamos discutindo muitooo… E ele não mora aqui, encontramos 2 vezes no mês.
    E pior… moro em Uberlândia, vou me casar e mudar pra SP. Tem dias que bate aquele desespero. Moro só minha mãe e eu, vou deixar ela sozinha e mudar pra longe. Sou muito apegada a familia. Sei que o noivo é o homem certo pra mim, porem bate aquela sensação horrivel que eu vou deixar a familia, e vou viver uma vida muito diferente da minha.
    E sem contar que também tive decepções com fornecedores.
    Muito dificil essa fase. Estou muito ansiosa, dormindo super mal, e bem estressada. Imagina no mês de novembro!!! Tô ate com medo. rsrsrs
    Vc tomou alguns chazinhos pra acalmar e dormir? Nossa, to a flor da pele!!!
    Mas se Deus quiser, vai dar tudo certo! Confio muito em Deus!!!
    Adoro seu blog!!! Mas te enviei um comentário aqui e no instagram também perguntando sobre as plaquinhas de pista de dança e vc não me respondeu… Aproveitando, queria saber se aquele arquivo do Power Point (das plaquinhas de pista de dança) que vc deixou disponível no site, se já está com o formato e tamanho pronto pra levar pra impressão na grafica? E qual gráfica vc levou? qual é o papel que é feito essas placas? Ou será que a gráfica sabe me informar o melhor papel?

    Beijos… sucesso na vida de casada!!! E ore por nós, noivas com TPC rsrs

    • Nara Macêdo disse:

      Oi Daniela, tudo bom? Que delicia receber seu recado. É engraçado como todas passamos mais ou menos pelas mesmas coisas não é? O problema é que as vezes a gente fala, outras vezes tem vergonha, mas fica tranquila, é tudo fase, e a única certeza é que passa (graças à Deus!). Eu tomei comprimidinhos de valeriana (Valerix) durante o último semestre de organização, e na véspera tomei também um manipulado chamado rescue. Foi muito bom pra mim, e me ajudou a controlar a ansiedade, manter as unhas e cabelos intactos! kkk
      Quanto às plaquinhas, o arquivo está pronto para impressão, só precisa fazer suas alterações com nomes e datas. As folhas, locais que imprimi estão todas no post sobre as plaquinhas, pode dar uma olhadinha lá!
      Beijos e obrigada por visitar o blog!

  7. Camila disse:

    Nara, que bom ler esse artigo. Que alívio, rsrs. Pensei que eu era a única noiva que passava do Céu ao Inferno em tão pouco tempo. Estou experimentando sensações muito malucas, numa semana quero me casar loucamente, na outra não quero mais, kkkkkk. Doidera né. Mas o que importa é seguir decididamente. Afinal, amor é decisão!

Deixe seu comentário!!! Será um prazer receber seu feedback de nossos posts! O BLOG NÃO SE RESPONSABILIZA POR COMENTÁRIOS DEIXADOS NOS POSTS E O CONTEÚDO DESTES É TOTAL RESPONSABILIDADE DO AUTOR DOS MESMOS!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: