Casamento Marina e Rafael – A cerimônia

Boa Noite queridos. Sei que estou em falta com todos, mas estamos passando por uma fase de mudanças aqui no blog, atualizando algumas coisas, e passamos os últimos dias em reuniões para definir o ‘futuro’ desse espaço aqui, tão querido por todos nós. Quero começar esse post já destacando uma das novas aquisições do blog. Estamos com uma parceira para falar de casamentos com vocês, que irá dividir os posts comigo, especialmente por conseguir falar de temas que fogem muito do meu conhecimento: finanças, organizações e afins. Vocês já devem ter visto a foto dela bem ali do lado, mas não poderia deixar de apresentá-la para vocês: Larissa, minha irmã! Somos super diferentes, e fomos noivas super diferentes, por isso acredito que ela chega só para somar, e para que possamos cada vez mais atender às demandas que vocês nos trazem.

Passado a sessão apresentações, nosso post de hoje é super especial. Um porque a Marina é uma das minhas maiores e mais queridas amigas (e foi herança da minha irmã, já que elas são amigas primeiro) e outra porque recebi algumas mensagens e emails pedindo mais detalhes da igreja do casamento dela, já que postamos uma foto no facebook do blog.

Realmente era uma igrejinha que não conhecia, e não tinha ouvido falar de muitos casamentos por lá, mas que me deixou completamente ENCANTADA! Como ninguém falou dela antes? É agora a minha escolhida na cidade, porque atende todos os requisitos: beleza, localização (para mim quanto menos central melhor, menos tumulto, trânsito e maior facilidade para os convidados chegarem e estacionarem seus carros), tem ‘frente’ (muitas igrejas de Uberlândia tem a porta bem diante da rua), e ainda uma pracinha na frente, que rende aquelas lindas fotos de saída do casal, que pode ser com arroz (aliás, não sei se a igreja permite, a que eu me casei não permitia), balões, pétalas ou o que mais o casal (a noiva, né?) idealizar.

Eu já esperava pessoalmente muito do casamento da Má, porque sabia que ela ia inovar e sair do perfil em tudo! Fiquei boba dela não ter casado de vestido rosa pink e flores no cabelo! Mas ela conseguiu me surpreender, e mesmo sabendo que poderia esperar qualquer coisa dela, o ‘fora do tradicional’ combinou perfeitamente com o clima e tudo no casamento. Eu amei cada um dos detalhes.

Uma inspiração que adorei, que se pudesse aproveitaria no casamento (fica para o de vocês, pode ser?) foi a daminha que entrou não na frente da noiva, mas na frente das madrinhas, parou lá na frente e entregou rosas para cada uma delas! Foi lindo e muito delicado. Já tinha visto a entrega de um botão de rosa para as madrinhas, mas não pela dama, não com toda aquela interação e carinho.

A outra dica fica para as noivinhas que não tem muitos pajens e damas. A Marina escolheu uma única dama, que é sobrinha dela, para entrar no inicio da cerimônia e com as alianças. Funcionou assim: a Pilar entrou primeiro para entregar as rosas para as madrinhas, e se sentou na escadaria até que a noiva entrasse. Depois que a noiva entrou a cerimonial (e a mãe da dama) à levaram para fora da igreja e ela trocou de buquê e arranjo de cabelo, e entrou novamente com as alianças. Foi muito bom porque apesar de entrar duas vezes, cada uma delas foi uma surpresa diferente. E ela ficou uma ‘mini’ noiva quando entrou com as alianças, e sinceramente, se fossem mãe e filha ela e a Marina não ficariam tão parecidas. Emocionou à todos, e em especial aos noivos!

??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ??????????? ???????????

Outra coisa que eu amei foi o arranjo do altar. Estou tão viciada com arranjos tradicionais, folhagens e rosas, que fiquei encantada em vê-lo, tirei várias fotos, e o melhor, ficou tradicional, mesmo sendo diferente.

Para quem se interessou pela paróquia:

Paróquia São Francisco de Assis Santa Clara:

Avenida Levindo de Souza, 2110 – Umuarama 
Telefone: (34) 3232-2749

Comments
5 Responses to “Casamento Marina e Rafael – A cerimônia”
  1. Patricia disse:

    Oi Nara,
    Vi no instagram que a noiva fez uma pista de dança personalizada na festa.
    Vc sabe nos falar onde ela fez e quanto ficou?

  2. Simone disse:

    Olá Nara! Boa noite!
    Você sabe quem são estes músicos e qual o contato deles?
    Abraço,
    Simone.

  3. Letícia Rodrigues disse:

    Ai que emoção!
    É a Igreja onde eu e Rodrigo vamos casar. Eeeeee faltam 4 meses e 23 dias :))

Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] as fotos do ensaio da Marina e do Rafael (lembram que já mostramos um pouquinho do casamento deles aqui?). Além das fotos lindas, eles escolheram uma cachoeira não tão comum nas fotos de casamento: a […]



Deixe seu comentário!!! Será um prazer receber seu feedback de nossos posts! O BLOG NÃO SE RESPONSABILIZA POR COMENTÁRIOS DEIXADOS NOS POSTS E O CONTEÚDO DESTES É TOTAL RESPONSABILIDADE DO AUTOR DOS MESMOS!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: