Casamento Renata e Guilherme

Estava louca para mostrar algumas idéias desse casamento aqui pra vocês, então me dei o direito de interromper os posts sobre o meu casamento para falar um pouquinho desse casamento que fui presenciar em Curitiba.

O primeiro detalhe que queria ressaltar é como o casamento recebe interferências culturais de onde ele acontece, e como as tradições são levemente diferentes nas várias regiões do país. Vi muita coisa legal nesse casamento em Curitiba que podia ser ‘aproveitado’ por aqui, e aí vem aquele ‘ai se eu soubesse disso antes’.

Quis fazer esse post também porque recebi o comentário da querida leitora Paty que entre outras perguntas me perguntou sobre ‘tendências para o casamento’. A princípio achei tão difícil responder a pergunta, mas a verdade é uma só: a tendência mais forte para casamentos é que a festa reproduza o astral, o clima, a vida e o sentimento do casal que está celebrando esse dia. Sei que falar isso é muito vago, vai acabar fazendo com que vocês me xinguem, então explico melhor. Não importa se está em alta ter lustres por todo salão, se seu gosto está mais para lanternas japonesas, não importa que o glamouroso é uma festa super chique no sábado a noite, se o clima de vocês está mais para almoço no domingo. Pior, não importa que todos queiram uma festa padrão de 400 convidados, se vocês, noivos, se sentiriam melhor com uma reunião intimista, para os amigos e familiares mais próximos. É isso que não podemos perder de vista. Não é mais uma festa, é uma festa de celebração do amor, de duas pessoas, duas famílias, duas vidas. Não é um evento social, não é mais uma festa, mas ‘O’ momento da vida de vocês!

Quero falar um pouquinho mais disso quando eu citar o “Jogo dos 70 erros” que foi o meu casamento. Mas enquanto esse post não chega, vamos contar desse casamento especial.

A tonta que vos fala levou a câmera fotográfica sem cartão SD pra festa, então as fotos que consegui fazer foram de celular, por isso a não tão boa (péssima) qualidade das fotos. Mas não poderia deixar de, de alguma forma, trazer essas informações para vocês, mesmo que não do jeito como gostaria.

Vamos começar pela igreja linda que os noivos escolheram para a cerimônia. O lugar era simplesmente de sonho, uma capelinha estilo antigo, toda trabalhada, com uma entrada enorme (daquelas que rendem fotos lindas dos noivos saindo da igreja, sabem?) que me deixou encantada com tudo (até com o desenho do piso!).

Infelizmente pegamos só o finalzinho da cerimônia, porque como era carnaval algumas ruas da cidade foram fechadas, o taxista ficou perdidíssimo (a ponto de termos que ajudar com o GPS) e não conseguimos chegar no horário. Fazer o que né?! Perdi minha parte preferida das cerimônias de casamento: a entrada da noiva! Outro detalhe era o lindo céu azul que fazia. Saímos de Uberlândia com um céu nublado e chuvoso e fomos surpreendidos com o dia lindo que fazia em Curitiba.

1939964_644889848917337_346769911_n 1922283_644890045583984_1063884222_n 1610079_644890188917303_626233844_n 10155746_644890262250629_760595301_n 603601_644890335583955_813801985_n 10150736_644890428917279_659721280_n 1554478_644890545583934_644919235_nO local escolhido para a festa era de arrancar suspiros. Um restaurante em meio à muito verde e até uma árvore nascia do centro do salão. Eu amei! Acho legal quando o salão supre também a necessidade das fotos que o casal sempre faz, não tendo que se deslocar de um canto para outro. Outro detalhe é que era carnaval né? Então a decoração, as inspirações, as cores foram todas inspiradas nesse ‘momento’. Tinha tudo para dar errado, um casamento no sábado de carnaval, que ainda queria unir o chique e tradicional com o colorido e simplicidade da festa mais tradicional do Brasil, mas gente, ficou demais! Tinha bem casados, flores, buffet tradicional, unido à mascaras, plumas, paetês e até serpentina tinha em cima das mesas para jogar uns nos outros.

Lembram também que eu falei em um dos posts sobre a decoração do meu casamento que tinha visto uma decoração com o mesmo arranjo em todas as mesas? Então, foi esse! E gente, que coisa é essa que a gente fica com arranjo de mesa, e bla bla… Ninguém vê isso! De verdade, ninguém! Reparei muito isso nesse casamento. Na hora de ir embora estava conversando com a esposa de um amigo do Luiz, e comentei dos arranjos iguais, e ela não tinha percebido. Ai falei que nossa mesa estava sem arranjo, provavelmente tinha acontecido algum imprevisto, mas a nossa era a última do fundo e realmente estava sem arranjo. Ela também não tinha percebido. Aí dei a cartada final: qual eram as cores do arranjo da festa? E foi unânime, ninguém lembrava! Mas das comidas, bebidas geladas em bem servidas, da música boa e animada, inclusive da banda do noivo que tocou no casamento todo mundo lembrou direitinho. Então meninas, a gente foca (e gasta) demais com detalhes que poderiam ser facilmente superados, e sem perder em nada de beleza no salão.

Vamos ao que interessa??? Fotos e mais fotos para vocês. Começando pelas mesas dos convidados:

1 524546_638470769559245_1198729383_n 1901145_638470939559228_953019804_n 1958567_638470099559312_418249028_n
1604458_638471299559192_838695574_n

Mesa de doces lá não tem esse aspecto glamouroso que temos aqui, que é uma grande atração da festa. Não vi forminhas de flor, nem nada muito ostensivo. O bolo também não fica na mesa, mas próximo à pista de dança. Diferente né? A mesa também tinha menos arranjos  de flores, algumas máscaras e plumas:1445_638470649559257_105453316_n 1095096_638470609559261_344450280_n 1891012_638470702892585_304017498_n 1978738_638470542892601_700241546_n 1002616_638470396225949_526699118_n 1912220_638470512892604_681476021_n

Agora o que eu achei muuuuito legal, de verdade, porque é uma ideia muitooo útil e fácil de por em prática: Lá os noivos ganham uma mesa só para os dois (ok, também já vi isso por aqui, mas espeeera!) e os noivos realmente usam (porque falar que a gente senta na mesa da família no dia do casamento é lenda né?!). Depois que passam os protocolos, fotos, dança, foto no bolo, os noivos se sentam e são servidos, comem e bebem sem que ninguém interrompa, e quem garante o momento é a cerimonialista. É tipo protocolo lá, ninguém vai atrapalhar. Achei muito bom, queria ter feito no meu! (#chateada)1382992_638470269559295_1449768566_n 1920211_638470362892619_19790250_n 1981923_638470306225958_567689800_n

A mesa do Buffet foi super bem montada (e servida) entre as duas árvores do salão. Fazendo um oposto ao rústico, um lindo lustre iluminava o local. Além dos frios foram servidos finger foods à vontade toda noite. Foram 3 pratos: Risotto de marguerita, Escondidinho de carne seca e Conchiglioni recheado de queijo. Estavam toda hora quentinhos, e na quantidade certa para comer sem encher, mas também sem faltar. Adorei o perfil!1904144_638470126225976_1202708312_n 1926715_638470249559297_201747683_n 1932260_638470976225891_89422788_n 1521613_638471329559189_2020356705_n 1926667_638471436225845_1077680364_n

Os bem casados foram colocados em mini caixinhas com um desenho de um casalzinho em cima. Na tampa da caixa veio impresso a lenda dos bem casados e um agradecimento do casal à quem compareceu. Também gostei muito, e faz efeito na mão do convidado, impedindo (só um pouco) que eles saiam com vááários bem casados.1897803_638471076225881_667220331_n 1900119_638471206225868_1626279347_n 1926828_638471026225886_286677943_n 1965072_638471162892539_396166421_n

Além do tradicional pôster do casal, que estavva na entrada da festa, lá eles fazem também esses dadinhos decorativos que viram do lado da mesa de bem casados. Ideia diferente e original, só não sei se seria fácil de adequar a decoração da casa dos noivos depois né?
10014551_638471112892544_517862456_nEnfim gente, fica algumas dicas, inspirações e detalhes desse casamento, que eu amei de paixão ter ido, achei super animado, bem organizado e com tudo que precisa pra se ter uma beeeela festa! Os noivos fizeram uma dancinha ensaiada fofa, o noivo tocou com a banda dele (composta por primos, tios e amigos), a família que é de Niterói compôs um samba para a noiva, e entraram com bandeira e abadá, os garçons (e até o chefe de cozinha) participavam da animação da pista de dança, com passinhos ensaiados e momentos super divertidos! Eu amei e vi o como as ideias mais simples deixam o casamento super divertido! Não tem segredo, é só fazer a sua festa com a sua cara!

 

Comments
One Response to “Casamento Renata e Guilherme”
Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] especificamente no carnaval, fomos à Curitiba no casamento de amigos do Luiz (que até postamos aqui no blog). Meu marido morou e estudou lá, e eu sempre tive um certo encantamento pela cidade. […]



Deixe seu comentário!!! Será um prazer receber seu feedback de nossos posts! O BLOG NÃO SE RESPONSABILIZA POR COMENTÁRIOS DEIXADOS NOS POSTS E O CONTEÚDO DESTES É TOTAL RESPONSABILIDADE DO AUTOR DOS MESMOS!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: